4 em cada 10 golpes financeiros foram com Cartão de Crédito

Você já teve um Cartão de Crédito clonado? Já fizeram um empréstimo fraudulento na seu benefício do INSS ou Conta Corrente? Se isso não aconteceu com você, algum caso parecido você já ouviu alguém contar. Pois então, a CNDL e o SPC Brasil apresentaram, dia 18 de abril, dados sobre as fraudes financeiras no Brasil. 4 em cada 10 golpes tiveram como alvo os cartões de crédito. Essa pesquisa é o tema de hoje do post do 1001 Créditos. Acompanhe.

Quase 9 milhões de brasileiros sofreram golpes financeiros de 2018 a 2019. A informação é da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Quase a metade dos golpes, 4 em cada 10, estão ligados ao Cartão de Crédito.

O segundo golpe mais comum, apontou o levantamento, é o golpe do boleto falso. Aquele boleto que chega e você nem sabe quem está cobrando ou o que está sendo cobrado. O golpe do boleto corresponde a 13% das fraudes registradas. Empatado em terceiro lugar no ranking dos golpe estão a clonagem de cartões de débito e a contratação de empréstimos e financiamento fraudulentos, com 11% cada um.

As consequências desses golpes, claro, são prejuízos financeiros e perda de tempo, até provar para bancos e lojas que você, na verdade, foi vítima de um golpe. Compras em nome da vítima são os casos mais comuns. Entretanto, geralmente todos causam prejuízos e processos burocráticos. Nesses casos, o nome da vítima acaba no SPC/Serasa.

Onde os golpes acontecem?

A internet é o ambiente onde a maioria dos golpes acontecem. É na rede mundial de computadores que os golpistas mais atuam, seja com páginas falsas ou para zer comprar com um cartão roubado. Mas as fraudes acontecem ainda nos bancos e lojas físicas e, nesses locais, os idosos são as vítimas preferenciais.

A pesquisa foi realizada em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Recife, Salvador, Fortaleza, Brasília, Goiânia, Manaus e Belém, com 800 consumidores.

Alertas 1001 Créditos

Em várias postagens sobre Cartões de Crédito produzidas pela equipe do 1001 Créditos, sempre demos destaque para os cartões virtuais; aqueles gerados nos aplicativos e que servem para determinada comprar, com valor máximo pré fixado. Esses cartões são fundamentais para evitar golpes. Faça uso deles. Sempre!

Mais cuidados

  • Só faça compras na internet em site reconhecidos e idôneos;
  • Desconfie de preços muito abaixo do praticado pelo mercado (laranja madura na beira da estrada está bichada ou tem marimbondo no pé, já dizia o velho ditado);
  • Em lojas físicas, não perca o seu cartão de vista;
  • Analise se o seguro “perda/roubo” vale o custo;
  • Não forneça dados bancários ou de cartão pelo telefone;
  • Registre queixa na delegacia em caso de perda ou roubo de documentos e cartões;
  • Fique atento a possíveis troca de cartão por má fé no momento do pagamento das compras;
  • Quando usar caixas eletrônicos, observe se o equipamento não está adulterado;
  • Não aceite ajuda de estranhos em bancos e caixas eletrônicos;
  • Cuidado ao jogar um cartão no lixo (o ideal é picá-lo em pedaços pequenos, tornando os dados ilegíveis);
  • Acompanhe os lançamentos e débitos pelos aplicativos para celular que a maioria dos banco e cartões possuem;
  • Evite usar cartões em locais de grandes aglomerações, como festas de rua.

Cuidado extra

Um serviço oferecido pelo SPC/Brasil também pode ajudar na prevenção de fraudes. O “SPC Avisa” é um serviço de monitoramento de CPF que informa a pessoa sobre qualquer consulta, alteração de dados, inclusão em cadastros de inadimplentes, compras a prazo, entre outros.

O serviço está em promoção e o primeiro mês está saindo de graça. Vale conferir.

Casos de golpe na internet

A internet está cheia de relatos de golpes aplicados contra cidadãos comuns. Criatividade e sofisticação da trama é o que não falta para os bandidos. Um golpe que está se tornando comum no Rio de Janeiro ganhou o nome de “golpe do motoboy”.

Nessa modalidade a pessoa recebe um telefonema de um funcionário falso, informando que o cartão foi clonado e que ele precisará ser trocado. Durante a conversa, o golpista solicita os dados, inclusive Código de Segurança, e informa a pessoa que o cartão deve ser destruído e que um motoboy buscará o cartão velho. É tudo golpe, não caia nessa! O motoboy é falso e o golpista passa a ter todos os dados para fazer comprar em seu nome.

Outro golpe muito relatado na internet é o da troca dos cartões. Nesse golpe, após pagar uma compra, o golpista devolve um outro cartão do mesmo banco, com as mesmas características para a vítima. Sem perceber, a pessoa deixa o cartão original. Nesse ponto, o golpista já decorou a senha utilizada para o pagamento e, com a troca, pode fazer a festa utilizando o seu cartão de crédito.

Cuidado com Código de Segurança “CS”

O Código de Segurança “CS” é aquele número de 3 algarismo que vem impresso no verso do cartão de crédito ou débito. Esse código é utilizado em compras pela internet ou em máquinas que não aceitam o chip do cartão. Esse código é praticamente uma assinatura; é ele que valida a compra quando sua senha não é digitada.

Uma forma de evitar que alguém descubra o seu Código de Segurança “CS” é apagá-lo ou raspá-lo do cartão, de forma que o número fique ilegível. Mas é importante decorar ou anotar e guardar esse código para os momentos em que ele for necessário.

Dica Crédito 1001 Créditos

Conferir todos os lançamentos no Cartão de Crédito e na Conta Corrente é o primeiro passo para prevenir golpes. Alguns bancos oferecem serviço de mensagem por SMS para todas as transações ocorridas na conta ou no cartão. Este serviço realmente vale a pena.

Para quem tem mais de uma cartão de crédito, o ideal é separar um cartão para lojas físicas e outro para compras na internet. Se quiser ser mais cuidadoso ainda, separe ainda os serviços de assinatura e só faça compras na internet com cartões de crédito virtuais.

Fique atento, não mande foto do cartão, não empreste, não saia com todos os cartões na carteira se não for usar. Em caso de suspeita de fraude, entre em contato imediatamente com  seu banco e/ou com a administradora do Cartão de Crédito.

1001 Créditos, com informações do CNDL e SPC/Brasil

10 Dicas e sugestões de como sair da crise, tirar o pé da lama e aproveitar a vida