Como escolher a melhor administradora

Caso você queira saber informações sobre como escolher a melhor administradora de consórcios para realizar o investimento do seu dinheiro, então saiba que para muitos essa pode não ser uma tarefa tão simples. 

Nos dias atuais, os brasileiros sempre pesquisam muito antes de realizarem investimentos em imóveis, carros ou serviços. Por isso, é interessante saber como escolher a melhor administradora para investir o seu dinheiro. Normalmente, muitos encontram no consórcio uma boa opção, além de ser um melhor custo benefício do que realizar um financiamento, por exemplo. Com isso, é essencial que você pesquise muito bem sobre como escolher a melhor administradora de consórcio que irá investir, pois afinal, é o seu dinheiro e os seus sonhos que estão em risco.

Confira como escolher a melhor administradora

Antes de saber como escolher a melhor administradora, é importante que você saiba que existem diversas administradoras de consórcio que são autorizadas pelo Banco Central e que são atuantes no país.

Dessa forma, uma das principais dúvidas dos futuros consorciados é sobre quais parâmetros devem serem adotados no momento de escolher uma administradora, além de como saber qual é a melhor para o tipo de perfil do consorciado.

Sendo assim, antes de você assinar qualquer contrato, é preciso que você saiba como escolher a melhor administradora de consórcios seguindo três passos, além de ter muita confiança no momento da sua escolha. Confira abaixo esses três passos!

1 – Faça uma pesquisa no Banco Central e na ABAC

O Banco Central é conhecido como o órgão que realiza a regulamentação e a autorização das vendas de cotas e, por isso, ele confira toda a situação da administradora no site deles na página dos Serviços ao Cidadão. Geralmente, é nessa página que você pode conferir se a empresa se encontra inadimplente ou então proibida de criar novos grupos.

Você ainda deve conferir o site da Associação Brasileira de Administradora de Consórcios ou ABAC, analisando se a empresa que você escolheu é ou não filiada.

Além disso, é por meio desse site que você pode encontrar inúmeras Perguntas & Respostas, além de outros tipos de artigos que podem lhe ajudar a realizar um bom investimento.

2 – Procure entender todas as cláusulas do contrato

É extremamente importante que você não acredite apenas em promessas que sejam verbais ou então em propagandas, pois é preciso que no contrato esteja constando todos os pontos e os argumentos que o vendedor lhe disse.

Sendo assim, sempre procure ler com muita atenção e esclareça qualquer tipo de dúvida que você venha a ter.

Geralmente, é no contrato que irá constar a taxa de reajuste, além dos prazos de pagamentos das parcelas, os recebimentos da carta de crédito quando você é contemplado e outros fatores essenciais.

3 – Avalie a facilidade de ser contemplado e em receber a carta de crédito

Normalmente, os lances podem ser uma ótima ajuda para o contemplado, sendo o mais rápido possível. Dessa forma, é interessante que ele confira com a administradora o que é ou não permitido nesse momento.

Além disso, outro ponto que deve ser sempre avaliado é sobre quanto tempo demora para que ele tenha a carta em mãos, pois esse tempo sempre varia muito.

De uma forma geral, é extremamente importante que você tenha muito empenho em conhecer todos os planos de consórcios que são ofertados pelas administradoras levando em consideração os detalhes sobre a carta de crédito, os lances, prazos, entre outros fatores.

Portanto, quando for entrar em um consórcio, é essencial que você saiba como escolher a melhor administradora, pois você irá pagar parcelas a si mesmo, além de assumir a responsabilidade com um grupo de pessoas que irão compartilhar de um mesmo objetivo que você.

Assim, estar muito bem informado é ter a garantia de que tudo ocorra conforme o esperado e sem dores de cabeça.

Solicite seu Cartão de Crédito Pré-Pago DIN

Cuidados na hora de comprar um consórcio contemplado