Consórcio ou Financiamento – Conheça as vantagens e desvantagens

Conheça ambos – o financiamento e o consórcio – em termos de vantagens e desvantagens e escolha o melhor para você, contando também com a ajuda de uma história real.

 

Sem acesso a recursos, muitos brasileiros enxergam nos consórcios ou financiamentos uma saída para evitar as altas taxas de juros dos empréstimos.  Saiba mais sobre a questão consórcio versus financiamento.

Nessas duas possiblidades, os cidadãos brasileiros veem uma boa opção de “investimento” também para quem não tem disciplina para economizar dinheiro.

No entanto, na opinião de especialistas financeiros, fazer a escolha certa é essencial, uma vez que algumas opções podem ser positiva apenas para bancos e empresas especializadas no segmento.

Mais sobre o financiamento

As fontes de financiamento variam de acordo com o tipo de projeto imobiliário relevante.

– Por exemplo, projetos de infraestrutura têm um componente considerável alocado ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

– Além disso, grandes investidores institucionais, como os fundos de pensão públicos, participam de projetos maiores, geralmente patrocinados pelo governo federal.

Projetos que utilizam FII ou a oferta pública de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI), por exemplo, são normalmente alocados a outros investidores institucionais, como fundos mútuos e / ou de hedge, assim como quanto às pessoas singulares.

Mais sobre o consórcio

O consórcio se mostra uma boa opção para aqueles que não possuem pressa na aquisição de seu bem, podendo esperar o sorteio que o levará até ele.

– Para fazer um consórcio funcionar, uma instituição de respeito e segura reunirá pessoas dispostas a contribuir mensalmente para um caixa que, eventualmente, reunirá dinheiro o suficiente para pagar um bem.

– Esse bem a ser pago será sorteado entre os participantes do consórcio, que continuarão a contribuir até serem também sorteados.

  • Assim sendo, quando chegar sua vez, você poderá obter seu imóvel dos sonhos em parcelas sem juros e que são fáceis de manejar.

Vantagens e desvantagens do financiamento e do consórcio

Ambas as formas de quitar um bem, como um imóvel, possuem vantagens e desvantagens.

Em termos de vantagens e desvantagens do financiamento, pode-se citar a velocidade de conquista do bem como vantagem e a necessidade de ter o dinheiro em mãos imediatamente – contando com juros – como desvantagem.

– No consórcio, não é preciso apostar em dar entrada no seu bem, enquanto, no financiamento, não se pode dizer o mesmo.

– Por outro lado, o financiamento oferece mais opções de pagamentos e prazos para você, enquanto o consórcio é algo que depende exclusivamente do tempo e que possui apenas um tipo fixo e funcionamento.

– Como é possível perceber, definir o uso do financiamento ou do consórcio para o seu caso depende muito de sua situação em específico e da análise de suas necessidades, priorizando economia ou rapidez para realizar seus sonhos.

Conclusão

Tanto o consórcio, quanto o financiamento são grandes mãos na roda para aqueles que decidem realizar o sonho de ter um bem em mãos sem precisar gastar anos da vida economizando dinheiro para compra-lo à vista.

– Assim sendo, atualmente se torna possível apostar tanto em um automóvel quanto na casa própria, por exemplo, através de diversas linhas de crédito – que podem ser consultadas em nossos outros textos com profundidade.

  • Na hora de pensar nelas e apostar no consórcio ou no financiamento, se mostra essencial analisar sua situação em específico e optar pela possibilidade que mais abrace com cautela suas demandas financeiras.

Assim sendo, você não corre o risco de dar um passo maior do que a perna e garante que você possa seguir com tranquilidade rumo a seus sonhos!

Conhecendo as vantagens e desvantagens do consórcio versus o financiamento, você não terá motivos para não apostar em um dos dois e sair ganhando na hora de dar entrada em seu bem!

Quais são os principais tipos de financiamento imobiliário?

É Possível conseguir financiamento de imóvel mesmo estando negativado?