Financiamento Imobiliário com o Banco Inter: Conheça os Benefícios e Taxas

 

Para conseguir a tão sonhada casa própria, os brasileiros têm adotado o financiamento imobiliário e para isso, é necessário analisar todas as condições e juros, que a financeira ou o banco oferece.

O financiamento imobiliário com o Banco Inter tem se tornado uma das opções dos brasileiros devido as condições interessantes que oferecem tanto para pessoa física quanto para pessoa jurídica.

Para viabilizar a compra da casa própria aos brasileiros, o Banco Inter reduziu o juros do financiamento imobiliário e recentemente também reduziu a taxa de juros do crédito consignado. Com isso, a financeira se torna uma das que tem a taxas de juros mais baixa.

O financiamento imobiliário do Banco Inter, pode ser feito totalmente digital, trazendo mais comodidade para o cliente e tornando essa operação menos burocrática.

A carteira crédito imobiliário do Banco Inter é composta de 44,7% por empréstimos garantidos( imóvel ou veículo) e 55,3% de financiamentos imobiliários, totalizando um valor de R$ 1,7 bilhões de reais.

Condições do financiamento imobiliário do Banco Inter

O Banco Inter oferece condições imperdíveis de financiamento imobiliário, composto de consultores especializados onde vão te auxiliar para que o financiamento caiba no seu orçamento.

Abuse dos atendentes especializados, questione as taxas, solicite informações e tire todas as suas dúvidas. Peça ajuda na hora da simulação, eles podem oferecer um plano melhor do que o próprio cliente poderia ter cogitado.

O prazo para pagamento do financiamento é de até 360 meses, o que equivale a 30 anos e pode financiar até 70% do imóvel. A taxa de juros é de 10,5% ao ano mais a taxa referencial.

Além disso, há outras facilidades que é a contratação do financiamento 100% digital, sem estresse e sem burocracia. A simulação é feita de forma rápida e a análise de crédito é flexível e agilizada.

Fundo de Garantia

O trabalhador que tiver contribuído pelo menos 3 anos, poderá utilizar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço(FGTS) para quitar o saldo devedor da dívida. O FGTS não poderá ser usado na aquisição de imóveis para terceiros.

Esse benefício pode ser utilizado na compra de imóveis de até R$ 950 mil. Quando for realizar o pagamento da entrada, o FGTS ajuda a reduzir o valor total financiado e o número de parcelas a ser paga.

O FGTS pode ser usado também para pagar parte do valor das prestações, sendo possível quitar em até 80% das 12 parcelas subsequentes. Esse processo pode ser feito de 2 em 2 anos, se as prestações do imóvel estiverem em dia.

Outra possibilidade, é liquidar o valor total da dívida do financiamento e não há limite de vezes para utilizar o FGTS dessa maneira (desde que respeite o prazo de a cada 2 anos).

Durante a simulação do financiamento imobiliário do Banco Inter, é possível ter mais informações a respeito do FGTS.

Planejamento

Quando se trata de um investimento a longo prazo, como um financiamento imobiliário, é necessário planejar. Primeiramente, deve fazer uma pesquisa do imóvel ideal para você e que caiba no seu orçamento.

Antes de se precipitar, tenha mais de uma opção de imóvel para realizar as simulações online. E planeje qual será o valor da entrada, média de valores da prestação a ser paga e tempo que será gasto para quitar toda a dívida. Para isso, faça planilhas e anote tudo, sem comprometer muito o orçamento familiar.

Existem imprevistos, então para você não se surpreender ou não conseguir futuramente realizar os pagamentos mensais do financiamento é bom manter uma margem de segurança.

É um desafio, sair do aluguel e adquirir sua própria casa. É necessário determinação, foco e muita disciplina. Será necessário economizar e organizar os seus recursos. Se você poupar um bom valor, poderá dar de entrada no financiamento imobiliário do Banco Inter, reduzindo o tempo para quitação da dívida.

Tipos de consórcios existentes

Financiamento imobiliário Itaú: taxas e condições